Google+ Followers

domingo, 12 de maio de 2013


O oposto é a realidade.
Não adianta mudar por fora se por dentro está tudo desarrumado.
Nossos sentimentos é que promovem a verdade, o amor e o caminho.
São eles que determinam nossos relacionamentos.
Podemos usar da melhor roupa, o melhor perfume, o melhor visual.
Mas, começo à perceber que se não houver a real mudança dos sentimentos, em pouco tempo mostraremos quem realmente somos. Face à que o emocional vence o intelecto, e não o contrário.
Se continuar acreditando que o externo é a resposta para os meus sentimentos, continuarei  na ilusão de que quanto mais me arrumar, mais perfeito serei em relação aos meus sentimentos.
O visual é uma ilusão que me faz perder tempo.
A mudança tem que vir de dentro para fora e não ao contrário.
Quando o impulso de mudar surgir, pode ser que a verdade esteja vindo à tona.
Não adianta mudar para tentar se convencer de que algo está resolvido e pronto.
A mudança têm que vir de dentro para fora.
O interno cria o externo e não o contrário.

Daniel Morgado

sexta-feira, 3 de maio de 2013


Indignação!!!

Eu fiquei indignado
Ele ficou indignado
A massa indignada
Duro de tão indignado

A nossa indignação
É uma mosca sem asas
Não ultrapassa as janelas
De nossas casas

(REFRÃO)
Indignação, indigna
Indigna, inação

sexta-feira, 26 de abril de 2013


Foto: Daniel Morgado
"Sem carinho e afeto nem mesmo os animais sobrevivem"

domingo, 21 de abril de 2013

Funcionário - Operadora de Telefonia
Foto: Daniel Morgado
Visita à cidade de São Paulo em Dezembro de 2012...

Foto: Daniel Morgado

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Legalização da maconha???
Puta que pariu viu...
O cara tem que ter merda na cabeça quando defende uma proposta dessas.
O negócio é muito simples e não há como contestar: Se uma droga  como o álcool, etanol, substância psicotrópica alteradora voraz do sistema nervoso central é capaz de  causar milhares de mortes  dia após dia. O que pensa um retardado desses, quando apóia a liberação de mais uma droga?
E o pior, uma substância potencialmente alucinógena e entorpecente.
Tá... Entendo, que dificilmente alguém vai agir de violência quando sobre o efeito da erva, até porque sua dosagem é altamente eficaz como um tranqüilizante qualquer, vendido em farmácia.
Agora, nas próprias bulas dos remédios já se diz: "Não dirija após o uso de qualquer medicamento desse gênero." ( A maconha altera a percepção sensorial e faz bater o carro mesmo. )
Maconha meu amigos, é o "sedativo natural”. Chapa mesmo!
Fumei muita maconha, usei muito Diazepan e outros...
Fumar maconha é como se auto medicar e se fuder de dependência no final.
Você vai perder o apetite quando não tiver maconha para fumar, vai desidratar com o tempo de uso, vai negligenciar os principais deveres, vai ficar sem parceiro conjugal, vai perder o emprego,  vai vender os pertences para usar, vai ficar propenso à desenvolver Depressão e outras Doenças Psiquiátricas, tais como Esquizofrenia e a tão famosa Síndrome do Pânico, vai enlouquecer e  tentar se matar...
Ah, deixa quieto... putz...

LIBERAR A MACONHA???
Liberar a maconha é aumentar o número de homicídios nas rodovias, o número de pacientes nos Hospitais psiquiátricos, o número de suicídios e por aí vai...
Só quem ainda não se ferrou de verde e amarelo com essa droga é que pode realmente defender uma proposta dessas.

Daniel morgado – Conselheiro em Dependência Química

quinta-feira, 30 de agosto de 2012




Arte Abstrata Acidental...
Às vezes ainda sou perseguido pela minha mania de ser artista.
Bem no momento em que joguei a tinta na pia do banheiro, esta imagem se formou.
Cliquei  à tempo,  este lindo “trabalho” abstrato.

Daniel Morgado.